1950

  • Em 18 de janeiro, o violinista Oscar Borgerth executa, em primeira audição, o Concerto nº 1 para violino e orquestra (1947) de Radamés Gnattali, com a Orquestra Sinfônica da Rádio Nacional,  sob a regência do maestro Léo Peracchi.

 

  •  A Brasiliana nº 3 (sinfonia),  de 1948,  é executada, no Rio de Janeiro, pela Orquestra Sinfônica Brasileira, com regência do maestro Erich Kleiber.

 

  • A Suíte para pequena orquestra, de 1940, é executada, em Belo Horizonte (MG), pela Orquestra Sinfônica de Belo Horizonte, sob a regência do maestro Guido Santorsola.

 

  • Radamés assina a direção musical do filme Estrela da manhã, de Jonald (Oswaldo Marques de Oliveira), com canções de Dorival Caymmi interpretadas pelo próprio compositor.

 

  • A Rádio Nacional cria o Departamento de Música Brasileira e lança, como primeiro projeto, o programa Instantâneos do Brasil, tendo à frente Mário Faccini, Paulo Tapajós e Radamés Gnattali; é um programa semelhante ao Instantâneos Sonoros do Brasil, lançado em 1940 por Almirante, José Mauro e Radamés.

 

recortes_
A Noite (RJ), 22/08/1950.

 

 

  • Em parceria com Alberto Ribeiro, Radamés grava, na Continental, o seu mais célebre samba-canção, Amargura, interpretado pelo cantor Lucio Alves, com Cópia e sua Orquestra. Grava, ainda, a toada Segura a saia, iaiá, interpretada pelo Trio Melodia, e a Quadrilha de coquinhos, com a Orquestra Filarmônica de Maxambomba.

 

  • A gravadora Continental, resgatando a memória do compositor Noel Rosa, injustamente esquecido, lança um álbum com 3 fonogramas de 78 rpm, com 6 canções do compositor (sendo duas em parceria com Vadico), interpretadas pela cantora Aracy de Almeida. Os arranjos e acompanhamentos ficam a cargo de Radamés (Vero e sua orquestra). A ilustração da capa do álbum é de Di Cavalcanti.

 

 

  • Radamés compõe:
    •  Concerto Carioca nº 1, para violão elétrico, piano, percussão popular e grande orquestra [1] – dedicado a Laurindo Almeida
    • Sonatina coreográfica (Quatro movimentos dançantes), para piano
    • Tocata em ritmo de samba [nº 1] para violão

 

 

  • O compositor paulista Camargo Guarnieri publica a sua Carta aberta aos músicos e críticos do Brasil, em que ataca enfaticamente o atonalismo, considerando o dodecafonismo um sistema de composição antibrasileiro.

 

  • Em 18 de setembro vai ao ar a TV Tupi de São Paulo, primeira emissora de televisão da América Latina.

 

  • Getúlio Vargas é eleito presidente do Brasil, pelo PTB, com 49% dos votos válidos.

 

  • Em 02 de junho é inaugurado o Estádio Mário Filho, mais conhecido como Maracanã, no Rio de Janeiro, especialmente construído para o IV Campeonato Mundial de Futebol, que se realiza no Brasil. O scratch brasileiro se classifica para a final, mas perde de 2 X 1 para o Uruguai, que se sagra campeão do mundo.

 

 

__________

[1] O Concerto Carioca nº 1 foi gravado em 1965, na gravadora Continental, em comemoração ao 4º centenário da cidade do Rio de Janeiro, com a Orquestra Sinfônica Continental, tendo Radamés ao piano, José Menezes ao violão elétrico e regência de Henrique Morelembaum.