1967

  • Radamés muda-se para o Jardim Botânico com a cantora, atriz e pianista Nelly Martins (nome artístico de Nelly Biato) e seu filho, Luiz Antonio Pereira dos Santos (então com 9 anos), com quem ele viverá até o final da sua vida, em 1988.

 

 

 

  • Radamés compõe:
    • Brasiliana nº 12 – concerto para dois pianos e orquestra de cordas (finalizado em 1968)
    • Concerto nº 4 para violão e orquestra de cordas  (Concerto à Brasileira) [1]– dedicado a Laurindo Almeida
    • Concerto para viola e orquestra de cordas
    • Concerto para violino e orquestra de cordas – dedicado ao violinista Giancarlo Pareschi
    • Dez estudos para violão [2]
    • Trio nº 2 para piano, violino e violoncelo (no estilo popular)  (versão do Trio, para piano, contrabaixo e bateria, de 1966)

 

 

 

  • Realiza-se, no centro de São Paulo, a (inacreditável) passeata da Frente Ampla da Música Popular Brasileira contra a guitarra elétrica na MPB.

 

  • O general Costa e Silva assume a Presidência da República. É o segundo presidente, de uma série de cinco militares e um civil, eleito por voto indireto.

 

  • É promulgada, em 24 de janeiro, uma nova Constituição do Brasil.

 

 

__________

  • [1] O concerto foi estreado por Laurindo Almeida em Los Angeles, CA (EUA), em 06 de junho de 1971, e lançado em LP em 1980, pela gravadora Concord Concerto, com The Los Angeles Orchestra de Camera e regência de Elmer Ramsey.
  • [2] Radamés deixa mais três estudos para violão esboçados, sendo que o 11º seria dedicado a Dilermando Reis.