teatro / dança

1936. PARADA DAS MARAVILHAS

A “Parada das Maravilhas de 1936”, revista em 2 atos e 40 quadros, de autoria de Gustavo A. Doria, encenada no Theatro Municipal do Rio de Janeiro em 10 e 18 de outubro de 1936.
Com participação de figuras de destaque da alta sociedade carioca, o espetáculo teve por objetivo angariar fundos para a realização de obras na sede da Pequena Cruzada, instituição dedicada à assistência e proteção de crianças.
Arranjos e regência do Jazz Sinfônico: Radamés Gnattali.

Fonte: Jornal do Brasil dos dias 10 e 18 de outubro de 1936.