teatro / dança

1932. SERTÃO

SERTÃO – peça de costumes ambientada no nordeste brasileiro, em 2 atos e 6 quadros, escrita e musicada por Jayme Ovale e Radamés Gnattali.
Produção: Grande Companhia do Theatro Typico Brasileiro
Cenografia: Arnoldo Rosenmayer e Monteiro Filho
Elenco: Carlos Torres, Balbina Milano, Sonia Veiga, Sarah Nobre, Mesquitinha, Juca Macambira, Augusto Calheiros, Jayme Vogeler, entre outros.
Oquestra de 20 professores dirigida pelo maestro Radamés Gnattali.
Estreia: Teatro João Caetano, dia 18 de novembro.

Fonte: Correio da Manhã (RJ) – sexta-feira, 18 de novembro de 1932.